Seu navegador tentou rodar um script com erro ou não há suporte para script cliente
Início do conteúdo
Página inicial > Comunicação > Notícias > Pai e filho são presos por comércio ilegal de armas de fogo em Canoas
Publicação:

Pai e filho são presos por comércio ilegal de armas de fogo em Canoas

Pai e filho são presos por comércio ilegal de armas de fogo em Canoas
Pai e filho são presos por comércio ilegal de armas de fogo em Canoas - Foto: Polícia Civil - Imprensa

Na manhã desta quinta-feira (13), a Polícia Civil, em ação da Delegacia de Polícia de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DPHPP) de Canoas, prendeu em flagrante dois homens após cumprimento de mandado de busca e apreensão em Canoas. A ação foi prosseguimento à Operação Fortaleza, deflagrada na noite de quarta-feira (12), ocasião em que foram cumpridas três ordens judiciais de busca. Os homens, de 66 e 37 anos, são pai e filho.

Durante o cumprimento do mandado de busca no local onde funcionava um depósito de gás, “de fachada”, foi encontrado um depósito para fabricação, montagem e manutenção de armas de fogo, destinadas a uma facção criminosa. Foram apreendidas diversas peças de armas longas calibre 12, três revólveres, drogas e munição calibre 7,62. No momento da chegada dos policiais civis, um dos presos estava fabricando um cano para espingarda.

Segundo o delegado Luís Antônio Reis Firmino, a ação policial foi realizada tendo em vista o homicídio de um homem de 22 anos e tentativas de homicídio de duas vítimas de 19 e 20 anos. Os crimes ocorreram no bairro Guajuviras em 26 de fevereiro deste ano, quando quatro indivíduos desceram de um veículo e efetuaram disparos de arma de fogo contra as três vítimas. A motivação foi disputa entre facções criminosas por território para exercer o tráfico de droga.

A ação contou com o apoio das Delegacias de Polícia de Esteio, Sapucaia, Nova Santa Rita e Eldorado do Sul.

 

Jorge Felipe

 

Anexos
RSS
Polícia Civil do Estado do Rio Grande do Sul