Seu navegador tentou rodar um script com erro ou não há suporte para script cliente
Início do conteúdo
Página inicial > Comunicação > Notícias > Operação Terminus prende seis suspeitos de narcotráfico no Estado
Publicação:

Operação Terminus prende seis suspeitos de narcotráfico no Estado

Operação Terminus prende seis suspeitos de narcotráfico no Estado
Operação Terminus prende seis suspeitos de narcotráfico no Estado - Foto: Polícia Civil

A Polícia Civil, por meio da 1ª Delegacia de Investigação do Narcotráfico, deflagrou a Operação Terminus nesta quinta-feira (06). A ação visou desarticular um esquema de narcotráfico ligado entre o Brasil, por meio de Rio Grande, e a fronteira com o Uruguai. Durante as diligências, seis pessoas foram presas e uma arma foi apreendida. Além disso, foram encontradas munições de vários calibres, celulares, anotações e veículos.

 

Segundo o Delegado Guilherme Calderipe, com a prisão de um uruguaio que reside no Brasil, foi identificado um esquema de tráfico de drogas que se valia das rotas dos ônibus de linha para transporte de drogas e armas. "As negociações, segundo as investigações, eram feitas pelo uruguaio com o suspeito de narcotráfico gaúcho, conhecido líder de uma organização criminosa de atuação em todo Estado, com berço no Vale dos Sinos", contou o Delegado.

 

Em um período de 7 meses foram monitoradas ao menos 30 viagens na fronteira. De acordo com as investigações, o grupo de narcotraficantes se organizava entre as remessas de drogas e veículos clonados, sempre enviando os dois em rotas diferentes para dificultar as ações policiais, com os entorpecentes indo de ônibus e os veículos sendo conduzidos por um dos integrantes da organização criminosa. Na volta para o Brasil, os suspeitos traziam dinheiro, armas e munição.


O líder da organização gaúcha tem antecedentes criminais por tráfico, associação, roubo, roubo de carga e fraude, desde o ano de 1993. Atualmente ele está na condição de monitoramento eletrônico por tornozeleira.
A operação foi batizada de "Terminus" que, em latim, significa "a fronteira" e contou com 50 policiais civis em 15 viaturas, cumprindo 10 ordens judiciais. Dos seis suspeitos, dois foram presos em São Leopoldo, dois em Viamão, um em Canoas, um em Jaguarão e um em Novo Hamburgo.

 

O Delegado Guilherme Calderipe esclarece que “trata-se de uma ação decorrente de uma investigação complexa e profunda que identificou os responsáveis pelo esquema organizado.”

 

O Diretor de Investigações do Departamento Estadual de Investigações ao Narcotráfico (Denarc), Delegado Mario Souza afirma que “a Operação Terminus é uma ação cirúrgica que visa quebrar um esquema de fornecimento de drogas do Brasil (Rio Grande do Sul) para a fronteira com o Uruguai.” Além disso, destaque que “é a primeira ocasião em que, em uma investigação no Denarc, após a alteração legislativa no Uruguai, foi comprovado a ligação de facção gaúcha abastecendo a fronteira e provavelmente o país vizinho.” E que "essa situação demonstra um contexto a ser analisado com relação ao Rio Grande do Sul tendo em vista que o Estado passa de ser apenas usuário para também ser atravessador e provavelmente abastecer parcela do tráfico na fronteira do RS.”

 

 

Larissa F. Beretta

 

 

Vitória Nascimento

RSS
Polícia Civil do Estado do Rio Grande do Sul